segunda-feira, 21 de Março de 2011

Peça de teatro: "Os Dez Anõezinhos da Tia Verde-Água"

No âmbito da UFCD Higienização e Manutenção de Materiais e Equipamentos Específicos, as formandas do curso Técnicas De Acção Educativa, do Centro de Formação Inovinter Delegação de Braga, realizaram uma actividade no dia 21 Março de 2011 na Associação Creche de Braga, Pólo de Palmeira.
Esta actividade baseou-se numa peça de teatro adaptada da estória “Os dez anõezinhos da Tia Verde-Água”, tendo como público-alvo crianças de jardim-de-infância.
Esta actividade teve como objectivos:
Incutir diversas formas de higiene e limpeza nos espaços, equipamentos e materiais, desenvolver a autonomia e a responsabilidade incutindo acções nas crianças relacionadas com a higiene, arrumação, e preparação dos espaços, assim como conhecimento de tradições e ditados populares, na aquisição de novos vocábulos.

sexta-feira, 18 de Março de 2011

Dicas para os pais

   
           No âmbito da UFCD, Higiene, Saúde e Segurança da Criança, em relação à saúde, abordamos diversos distúrbios alimentares tais como: Bulimia, Anorexia e Obesidade.     
Para tal fizemos uma pesquisa na internet sobre os temas para nos ajudar a perceber e estarmos atentas aos sintomas.
Como educadores devemos intervir de imediato para evitar consequências futuras que advém destas problemáticas, pois acarretam muitos problemas físicos, psicológicos e sociais.
            Para a higiene elaboramos um panfleto com dicas com cuidados a ter para uma boa higiene oral a fim de incutir às crianças hábitos de higiene pessoal.   
           

Dicas para uma boa higiene oral

 
 

 
Dicas para uma boa higiene oral



 
Dicas para uma boa higiene oral

    




quarta-feira, 16 de Março de 2011

Actividade individual " As Expressões"

       No âmbito da UFCD- Expressão Dramática, Corporal, Vocal e Verbal, foi-nos sugerido fazer uma apresentação individual onde fossem abordados todas as temáticas.
      A atividade foi de livre escolha por cada formanda, tendo havido a demonstração de um leque variado de apresentações, tais como: histórias, sombras chinesas, teatro de fantoches, entre outros, todas elas realizadas com grande criatividade e muita imaginação.
     Com a realização deste trabalho aprendemos métodos e dicas importantes, que nos poderão ser úteis na realização de actividades junto das crianças






.

Maquetas de casas ecológicas

      No âmbito do núcleo gerador 6- Urbanismo e Mobilidade, do domínio de referênia, Construção e Arquitetura e como sugestão da formadora e de acordo com o tema, decidimos construir maquetas e de casas ecológicas.
     Em pesquisa na Intrenet procuramos orçamentos, a zona ideal, os materiais, o sistema de captação de energia renováveis, entre outros.
     Para a realização da mesma, recorremos a materiais recicláveis.
    Através deste trabalho concluimos que, apesar dos elevados custo para a sua construção a médio e longo prazo esse investimento vai ser compensado.
     Esta é uma boa atividade para realizar com as crianças de forma que elas compreendam o sentido da
ecologia de modo a contribuir para a melhoria do meio ambiente.




A hora do conto "O Pinóquio"

No decorrer da UFCD, Planeamento e Desenvolvimento de Actividades e Tempos Livres, abordamos diversas formas de actividades para dinamizar os tempos livres das crianças.
Assim sendo, depois de abordarmos a parte teórica passamos à prática e decidimos realizar uma actividade para a hora do conto “O Pinóquio”.
Para tal, foi-nos proposto uma visita de estudo à Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga, para assim assistirmos à hora de conto cantada e contada pelo Professor António Castanheira. Esta visita tinha como objectivo perceber e compreender as estratégias utilizadas e mais adequadas para a hora do conto que iríamos realizar, na Instituição Fundação Stella Oswaldo Bomfim para crianças de jardim-de-infância.
Assim, reunimo-nos e adaptamos a estória do Pinóquio com intuito de proporcionar às crianças uma hora do conto diferente.
Preparamos um teatro de marionetas, em que reparamos que não é necessário um cenário muito elaborado, visto que neste tipo de teatro utiliza-se um pano preto. Criamos o vestuário adaptado a cada marioneta, utilizando tecidos e costuramos as roupas. Devemos salientar que as personagens eram reais.
Mais uma vez apelamos à nossa criatividade e imaginação colocando duas palhaças muito animadas para apresentar e dar início à hora do conto de uma forma mais lúdica.
A apresentação, decorreu com tranquilidade e espírito de grupo sendo os objectivos alcançados, proporcionando assim às crianças momentos de alegria e diversão, transmitindo-lhes valores como a partilha, amizade e a sinceridade.




Maquetas de Creche e Jardim-de-Infância

    Nesta UFCD "Espaços, Materiais e Equipamentos - Creches e Jardim-de-Infância", foi-nos sugerido realizar uma planta e uma maqueta de uma creche e jardim-de-infância.
    Para a realização desta actividade fomos divididas em dois grupos, em que um ficou responsável pela creche e o outro pelo jardim-de-infância.
    Para esta actividade os grupos optaram por utilizar materiais recicláveis tais como: cartão, plásticos, tecidos, madeira, entre outros.
    O objectivo da construção das maquetas, era apresentar os espaços que constituem a creche e o jardim-de-infância, de acordo com as normas exigidas por lei.
    Este trabalho ajudou-nos a ficar com mais noções dos espaços, áreas, materiais e equipamentos adequados.




 Grupo: Jardim de Infância



Grupo: Creche



Máscaras de Carnaval


No âmbito da UFCD- Actividades Pedagógicas com Crianças com NEE, realizamos uma atividade que se insere nos conteúdos da UFCD e uma vez que se aproximava a época carnavalesca, aproveitamos esse tema para realizar esta atividade.
Para tal a formadora ensinou-nos uma técnica, na qual fizemos máscaras a partir de balões e na qual foram decorados.
Esta atividade pode se realizar com as crianças, dentro ou fora da sala de atividades.

Como fazer:
Material:

* Folhas de Jornal
* Tesoura
*Balões
*Cola Branca
*Fio
* Tintas Variadas


Preparação:

Enche-se o balão com o tamanho da face, pincela-se com alguma cola e cola-se pequenos pedaços de jornal de modo a cobrir todo balão, fazendo isto em duas vezes.
Ata-se o fio ao balão e deixa-se secar (no mínimo 12horas). Depois de bem seco, corta-se a meio, decora-se a gosto, deixando a tinta secar.
Faz-se os rasgos dos olhos, boca e nariz (se o desejar).
Utilizar e dar azo à imaginação.